Início » Destaques » Sede Própria da AROM sairá do papel ainda em 2018, afirma governador Daniel

Sede Própria da AROM sairá do papel ainda em 2018, afirma governador Daniel

Os diretores da Associação Rondoniense de Municípios – AROM estiveram reunidos com governador Daniel Pereira, para tratar diversas pautas municipalistas. Entre os principais assuntos, a construção da sede própria da entidade na qual o chefe do Executivo estadual já havia assumido, em junho deste ano, um compromisso de abrir cessão de um terreno para a edificação do prédio. Após longa caminhada técnica em busca de um imóvel urbano para sediar a estrutura física de atendimentos e, com o apoio dos superintendentes Paulo Mota (SEPAD) e Wilson Dias (SUGESP), a instituição identificou a área e iniciou os tramites, para avaliações de possibilidade de cedência.

Na reunião, os diretores da associação apresentaram ao governador o projeto arquitetônico adaptado ao terreno pleiteado. Daniel Pereira demonstrou entusiasmo com a iniciativa da associação, garantindo a cedência do espaço solicitado, frisando que a construção de uma sede própria para a AROM será a sua maior contribuição com o movimento municipalista. ‘’Futuramente esse marco não representará apenas economia de aluguel à entidade e sim melhor prestação de auxílios aos municípios, além de autonomia na representatividade”, disse. Ele também enfatizou que a responsabilidade para a edificação, agora, deverá ser um compromisso de todos os gestores municipais: “o governo do estado está fazendo sua parte, cabe agora aos prefeitos mostrarem união e valorizarem o trabalho da AROM”.

O Presidente Airton Gomes e tesoureira Gislaine Clemente “Lebrinha” parabenizaram o Governador Daniel pela sensibilidade e apoio ao movimento municipalista que, desde 2016, batalha junto ao governo do estado para a conquista de um terreno, destacando que essa conquista representará em economia às prefeituras e também em avanços sociais, considerando a amplitude de assessoramentos que a AROM dá aos municípios. “As prefeituras serão beneficiadas com elaboração de projetos de engenharia, execução de programas federais e estaduais e capacitação técnica de servidores. A prefeitura economiza e a sociedade se beneficia com a eficiência dos serviços prestados. Todo mundo ganha com isso”, avaliou o presidente.

Na reunião, os diretores da AROM também abordaram assuntos como o destravamento do pagamento de recursos do FITHA a seis municípios que ainda não possuem empenho para a verba, e também sobre o projeto defendido pelos prefeitos, que define transferência direta e desburocratizada dos recursos do transporte escolar. O representantes municipalistas ainda ressaltaram ao governador as vantagens que podem ser alcançadas aos municípios com o emprego da tecnologia sul-coreana, que recentemente conheceram durante viagem àquele país.