Início » Destaques » Deputado Follador recebe prefeitos para conhecer projeto da AROM sobre transporte escolar

Deputado Follador recebe prefeitos para conhecer projeto da AROM sobre transporte escolar

Uma extensa luta de gestores municipais em educação e prefeitos, encabeçada pela Associação Rondoniense de Municípios (AROM), está em via de sagrar importante conquista ao sistema de transporte de alunos rurais. Denominado “Ir e Vir”, o projeto tramita pela Comissão de Educação, na Assembleia Legislativa, onde deverá se transformar em Lei estadual, estabelecendo uma forma simplificada de repasse para as prefeituras prestarem o serviço. O novo regramento deve evitar atrasos no calendário escolar e dar fim a uma burocracia histórica da celebração de convênio entre o Estado e Municípios.

Na terça-feira (06), o deputado estadual Adelino Follador, membro da Comissão de Educação, recebeu o Presidente da AROM, Airton Gomes, vice-presidente da AROM, prefeito Claudio Santos, o prefeito de Cujubim, Pedro da Belo Horizonte, e o diretor executivo da entidade, Roger André, para debater o projeto. Na reunião, o parlamentar recepcionou a iniciativa municipalista, reforçando apoio aos municípios ao se apropriar de conhecimento técnico das vantagens do projeto, tanto para a sociedade quanto para o processo educacional e o bom funcionamento do serviço de transporte de alunos matriculados na rede estadual de ensino, realizado pelos municípios.

O presidente Airton Gomes e o vice-presidente Claudio explicaram ao deputado Follador os caminhos percorridos até que a Mensagem nº 197, do Executivo, fosse enviada à ALE, para se consolidar Lei. Os municipalistas lembram, por exemplo, que o projeto foi elaborado pela AROM com a participação dos secretários de educação dos municípios, que fizeram relevantes apontamentos, assim como, foi apresentado ao Tribunal de Contas, Ministério Público e União Nacional dos Dirigentes de Educação (UNDIME). Na oportunidade, o diretor executivo esclareceu o parlamentar quanto dos aspectos técnicos e jurídicos que envolvem o atual modelo de repasse de recursos estaduais para o serviço, sustentando a viabilidade da aprovação da lei.

De posse das informações levadas pelos prefeitos e técnicos da associação, Follador enalteceu a atuação da entidade municipalista, destacando a importância das discussões técnicas para se construir um regramento jurídico que favoreça os municípios, na oferta de educação à sociedade. Diante da postura receptiva do legislador, o vice-presidente da AROM avaliou: “O deputado merece nosso reconhecimento por ter tido a preocupação de conhecer nossa iniciativa, momento em que recepciona o projeto que há mais de dois anos lutamos pela sua concretização. O Adelino já foi prefeito e estamos contentes em poder contar com toda a experiência dele nesse processo legislativo em defesa dos municípios”.

O projeto “Ir e Vir”

Com recorrentes atrasos na inicialização do calendário escolar em razão da burocracia enfrentada pelos municípios, para firmarem convênio com a Secretaria de Estado da Educação, no início do ano de 2016, a AROM realizou estudos técnicos para buscar uma solução. Após verificar que havia possibilidades de substituir o modelo convênio por uma transferência direta, sem a exigência de quase 30 documentos e o trâmite por 14 órgãos do Estado, a entidade elaborou o projeto evidenciando o cabimento jurídico e as vantagens econômicas, administrativas e sociais. Desde então, a iniciativa chegou a receber pareceres favoráveis de diversos setores da SEDUC, porém, apenas com o Governador empossado Daniel Pereira, é que o projeto foi devidamente recepcionado e tramitado pelos diversos órgãos internos do Estado até ser submetido ao Legislativo.

Para o Presidente Airton Gomes, o projeto representa uma importante conquista: “Há mais de uma década os Prefeitos passam vexames para receber o que é de direito para prestar uma atividade do Estado. Por isso, sem dúvidas, o Governador Daniel Pereira será lembrado por esse feito”.