Início » Destaques » Biocombutível: AROM apresenta nova alternativa à agricultura familiar

Biocombutível: AROM apresenta nova alternativa à agricultura familiar

Uma nova alternativa de geração de riquezas aos agricultores foi apresentada em palestra técnica oferecida pela Associação Rondoniense de Municípios (AROM), na feira Rondônia Rural Show, neste sábado (25). A iniciativa visa integrar a agricultura familiar na produção de biocombustível etanol para automóveis, energia elétrica, e insumos à criação de animais a partir de batata, milho, mandioca e outros.

Aldo Marcos Silva, cientista especialista em biocombustível, apresentou a viabilidade econômica do nicho de produção, entre outros aspectos vantajosos da inserção da agricultura familiar na matriz energética. Além de destacar a lucratividade, o palestrante explicou de forma o setor pode ativar uma próspera cadeia produtiva do chamado “biocombustível social” e ecologicamente correta, com utilização de terras produtivas por quem vive do campo.

Durante a palestra, o especialista respondeu a várias perguntas de produtores interessados em saber sobre margem de lucro, fontes de financiamento, custo de produção e valor médio de investimento. Aldo informou, entre outros, que as usinas de biocombustível já são uma realidade em estados como o Mato Grosso e que são enquadradas como agroindústria, tendo um tratamento ambiental simplificado e alta rentabilidade por alqueire plantado para essa finalidade.

O Presidente da AROM, Claudio Santos, partilhou com os presentes o anseio da entidade, que é de ativar cadeias produtivas diversas, unindo as comunidades em torno da produção de biocombustível. “Essa é uma ideia que tivemos como saída a ser implementada para aquecer a economia local, que é uma necessidade de todos os municípios. Os produtores de Rondônia são ousados e estão prontos a darem esse paço para futuro, por isso estamos conhecendo melhor o setor e já buscamos as linhas de financiamento”, disse.

Assessoria AROM