Início » Destaques » Com apoio dos monitores, Rondônia será excelência nacional no transporte escolar

Com apoio dos monitores, Rondônia será excelência nacional no transporte escolar

Um dos maiores desafios enfrentado pelas Secretarias Municipais de Educação, o transporte escolar, recebe uma atenção especial da Associação Rondoniense de Municípios – AROM, que está promovendo um trabalho inédito e integrador para o melhoramento da atividade.

Nesta semana, os 1600 monitores de transporte escolar do Estado, profissionais que são responsáveis por acompanhar e orientar os alunos nos ônibus escolares, recebem um treinamento para operarem uma ferramenta digital de gestão inteligente, direto pelo celular. “Só é possível alcançarmos a excelência, trazendo todos os envolvidos para a gestão do problema”, destacou o diretor executivo da AROM, Roger André.

O serviço público do transporte escolar chega a ocupar 70% dos esforços de uma Secretaria de Educação, identificou um levantamento realizado pela entidade municipalista, que avaliou desde a eficiência da gestão, aos aspectos legais que que envolvem a prestação do serviço, principalmente quando compartilhado com o Estado.

 

“Até final de 2018, os municípios não tinham sequer a garantia de que receberiam a aporte financeiro do Estado, para cumprirem com os custos. Hoje, nós temos a Lei nª 4.426/2018 – Projeto Ir e Vir, que assegura esses recursos do Estado, estipula as responsabilidades para a oferta de um transporte escolar de qualidade e, agora estamos capacitando todos os envolvidos na atividade para transformar de vez essa realidade” disse o Presidente da AROM, Claudio Santos, sobre o sistema informatizado, licenciado à AROM que ficará à disposição dos municípios para o controle e gestão do Transporte Escolar.

Com o novo sistema, as gestões municipais terão as informações exatas do valor a ser investido em cada rota, pontualidade dos trajetos, frequência dos alunos e diversas outras informações que serão cruzadas para se alcançar a qualidade necessária do transporte de alunos. Se um trecho estiver em condições que impeça a passagem do ônibus do transporte escolar, por exemplo, o monitor poderá informar, do seu próprio celular, qual o trecho que necessita de reparo. Com a iniciativa, a AROM orienta os gestores para priorizarem a manutenção das vias utilizadas pelo ônibus escolar.

Entusiasmados com a novidade, os monitores demonstram comprometimento com a causa. Por lidarem diretamente com os desafios diários dos alunos para terem acesso a escola, entendem bem o papel social promovido pelo transporte escolar. “Esse sistema vai ajudar muito. Tudo que auxilia a gente na formação dessas crianças será sempre muito bem-vindo. Nós vamos nos dedicar mais ainda”, comemorou o Sr. Alfredo, monitor escolar, ao saber que não precisaria mais utilizar pranchetas e papeis empoeirados.

Seguindo um cronograma de treinamentos, cerca de 150 monitores dia, participam do treinamento oferecidos gratuitamente pela AROM.

Assessoria AROM