Início » Destaques » AROM apoia Cimcero em busca de recursos para o projeto Lixão Zero

AROM apoia Cimcero em busca de recursos para o projeto Lixão Zero

O presidente da Associação Rondoniense de Municípios (AROM), prefeito Célio Lang, juntamente com o secretário geral da instituição, Marcélio Brasileiro, participou do encontro na manhã desta quarta-feira (12) entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM), no Centro Político Administrativo (CPA). A reunião teve como objetivo principal buscar recursos junto ao Governo do Estado para o projeto Lixão Zero do Cimcero.

Durante reunião foram apresentadas demandas para que o consórcio consiga extinguir todos os lixões do estado, fazendo de Rondônia o primeiro estado da região Norte a estar completamente livre de conglomerados de resíduos a céu aberto.

A secretária executiva do Cimcero, Maria Aparecida de Oliveira, explicou que projeto agora visa desativar lixões que ainda estão em operação em Alvorada d’Oeste, Candeias do Jamari, Castanheiras, Colorado do Oeste, Costa Marques, Guajará-Mirim, Jaru, Mirante da Serra, Nova Mamoré, São Francisco do Guaporé e Vale do Paraíso.

Ela enfatizou a necessidade de receber apoio do Governo e das prefeituras para que o projeto seja finalizado com sucesso. “Viemos buscar uma parceria entre o consórcio, o governo e as prefeituras, por meio da AROM, para colocarmos esse projeto do Lixão Zero para funcionar o quanto antes. Por isso, nossa preocupação em procurar os órgãos para nos ajudar, pois, só conseguiremos atingir nossa meta com a ajuda de todos!”

Marcélio Brasileiro, secretário geral da AROM, salientou a importância dos projetos do Cimcero para os municípios. “Toda política se materializa nos municípios, dito isso, precisamos que os consórcios sejam atuantes e que o estado dê suporte para essa atuação”.

O presidente Célio destacou que a AROM atuará junto aos municípios como vem fazendo, e que prestará todo suporte necessário que o Cimcero venha a necessitar.

O Secretário da Sedam, Marcílio Leite Lopes, abordou sobre a possibilidade de realizar um Convênio ou Termo de Parceria com o governo do estado. “O consórcio pode apresentar uma proposta aqui na Sedam, isso deve acontecer o mais rápido possível, pois nós estamos de portas abertas para auxiliar e sabemos da necessidade dos municípios que não tem muitos recursos disponíveis”, afirmou.

Assessoria AROM

Além disso, verifique

Municípios podem participar de proposta para fortalecer Eficiência Energética em prédios públicos

As Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobras), por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia …